Publicada em 10 de Maio de 2018

DNIT envolve a comunidade escolar em plantio de araucárias na Serra da Rocinha

Com a finalidade de aproximar a comunidade das obras de implantação e pavimentação da BR-285/RS/SC e difundir boas práticas de conservação do meio ambiente, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT/SC) realiza uma série de atividades de educação ambiental nas escolas do município de Timbé do Sul. Na última terça-feira (08/05), a Serra da Rocinha serviu de pano de fundo para a instalação de uma placa que marca o fechamento do projeto de plantio desenvolvido com alunos do 2º ano da Escola Municipal Frei Modesto. 

Subindo a serra, no km 51+400, no lado oposto ao túnel do gasoduto, a sinalização avisa: área de plantio compensatório de araucárias. As mudas estabelecidas no local em fevereiro deste ano contribuirão para a recuperação ambiental do espaço que recebeu material excedente das obras. A placa mostra ainda as etapas do projeto que teve início em agosto de 2017, quando os alunos semearam os pinhões no viveiro florestal do Consórcio (Setep/Ivaí/Sotepa) executor do Lote 2. Na ocasião, a equipe da Gestora Ambiental (STE S.A.) explicou que tanto as mudas quanto as plantas transplantadas ao longo das obras serão reintroduzidas o mais próximo possível do seu local de origem e habitat

Conforme a equipe do Programa de Educação Ambiental (STE S.A.), o objetivo da ação é transformar em prática o conteúdo exposto nas salas de aula. “A ideia é mostrar, de forma educativa, como ocorrem as atividades de compensação e minimização dos impactos ambientais no empreendimento”, explica a educadora ambiental Ciane Fochesatto. Para a também educadora ambiental Bianca Barcellos, o projeto se destaca por promover o envolvimento da população. “Há uma transformação acontecendo e a comunidade escolar está participando, construindo junto e sentindo que também faz parte desta história”, ressalta. A bióloga do Consórcio, Anaitê Zanette Stüpp, acredita que as crianças serão os agentes das mudanças que o mundo precisa. “Eles vão crescer com outra visão e com informações para fazer a diferença no futuro.”

Representantes da rede municipal de ensino também acompanharam a colocação da placa. Conforme a secretária de Educação, Cultura e Esportes, Suzete Stecanella Savi, o projeto “foi muito proveitoso para professores e alunos. Além disso, será uma realização contemplar o crescimento destas árvores”, avalia.  A diretora Fabiana Alexandre Panatta destacou a importância de unir a teoria à prática. “A BR-285 é um sonho que está sendo realizado e estas ações fazem com que a escola participe ativamente do processo”, afirmou. A professora Giane Moura Aguiar completou lembrando que a iniciativa também envolveu entrevistas com moradores mais antigos para captação de memórias da Serra da Rocinha. “Tudo isso ficará registrado e daqui a muitos anos estas crianças vão lembrar que fizeram parte deste projeto”, conclui.